LETRA V

VANULA - A FONTE DE POÇÕES É um lindo Ser Estelar, viajante interestelar. Anda pelo Universo levando doçura e curando as almas nos mundos de baixa vibração com o toque das mãos e com a irradiação que é emitida no olhar. Está profundamente conectada ao Reino Dévico, sendo atendida a qualquer momento que solicitar uma “mão” da parte deles. Esteve também em experiências com os Sirianos, Pleiadianos e muito tempo em uma civilização ainda não conhecida dos Terranos. A sua história é tão grande, que não se pode contar tudo nas poucas linhas dessa cosmobiografia. Tem missão junto àquela conhecida como Maria, e é uma integrante do agrupamento Mariano. 

Tem missão também de ir à espaços astrais e físicos densos e curar aqueles que ali estão, através do olhar. Tem a sabedoria milenar dos anciões curadores e detém, a nível interno, o conhecimento de todas as poções de cura do corpo, mente e espírito. Tem a habilidade inata de equilibrar todos os corpos e sintonizá-los na Luz. É a própria magia branca em movimento. Integra-se facilmente com todos os Seres da Natureza, graças à sua familiarização e, claro, esta adquirida quando esteve atuante neste Reino Dévico, em uma ocasião sendo uma fada curadora e noutra, sendo um Elfo que magnetizava ambientes com Luz através de movimentos corporais. Um desses movimentos é balançar o corpo para direita, para esquerda, para direita, para esquerda, assim aumentando a velocidade. Em seguida, vem para frente e para trás, para frente e para trás, e fazendo um movimento nas mãos que não se consegue descrever aqui. (Ao lerem estas informações, queridos do agrupamento Fonte de Poções, intuitivamente vocês captarão esses movimentos, ou mesmo a primeira do agrupamento, "Vanula", poderá fazer um vídeo mostrando com as mãos quais são os movimentos)." Quando em sintonia com sua herança dévica, entra em profundo estado de contemplação e traz dali, toda energia que precisa. 

Encarnou várias vezes no plano físico terrano. Esteve próxima daquele conhecido como Rei Artur. Noutra ocasião, foi muito amada por aquela conhecida como Joana d'Arc. Na época, Vanula, A Fonte de Poções, era conhecida como "A Louca de Paris". Eis um trecho do Livro "Francisco de Assis - Miramez", onde a querida Louca de Paris é mencionada:

"Para elucidar o nosso interesse nas coisas espirituais, vejamos o que de mais interessante sucedeu com Joana, bem como o fenômeno mais admirável que com ela ocorreu.

Pelas ruas de Paris perambulava uma mulher de certa presença, que viera de antigos mandatários, a quem o destino fez cair na mais dramática situação, como resgate cármico, para que pudesse destilar pelos canais da dor, o fel da consciência, acomodado por atos que invertem o ser humano, levando-o ao reino da bestialidade, confundindo-o com os próprios animais. Essa criatura tomou-se conhecida como a Louca de Paris, e era comum os estudantes rodearem-na em certos momentos, quando parecia que cessava a loucura, e a lucidez causava admiração nos que a ouviam. Roupas imundas, cabelos encrespados, olhos esgazeados, pés no chão; saíam de seus lábios, quando atacada, palavrões que o próprio ar se negava a conduzir aos ouvidos humanos. Na sua lucidez, asserenavam-se as suas feições, brilhavam os olhos e a filosofia fluía, articulada por palavras que os próprios filhos de Sócrates teriam dificuldade de assimilar. E quando algum caridoso tentava ampará-la, a fúria voltava de maneira a não dar mais lugar ao altruísmo do ouvinte.

Foi piorando muito, e já era incômoda sua presença nas ruas da Cidade Luz. Certa vez, por maltratar alguns inquisidores na sua fúria, expediu-se uma ordem para encarcerá-la na masmorra, onde se juntavam muitos condenados à forca e às fogueiras. Joana D'Arc, nesta época, estava presa em frente à cela da louca. Certa feita, a Virgem de Domremy é retirada para mais alguns dos intermináveis interrogatórios. A mulher, em um dos momentos de consciência, ao ver aquele quadro de desumanidade, enfureceu-se avançando nas grades, e explodindo em nomes de baixo calão, querendo defender a guerreira francesa. Os soldados, por ordem dos Inquisidores, abriram as grades da louca e empurraram Joana para dentro, dizendo:

‘Pede a ela que te cure, pois não cansa de dizer que fala com os Anjos!’ A mulher enfurecida acalmou-se, ajoelhou-se nos pés da heroína e pediu alívio, como mãe relegada aos entulhos da própria natureza, chorando como criança. Joana passou os olhos como raios em tomo da mulher e viu vultos negros que avançavam como vampiros, sugando tudo que fosse divino, nos divinos centros de força daquela criatura. Ordenou-lhes, então, em nome do Cristo e dos Santos que sua memória alcançou na hora, falando com energia. Acariciou a louca como se esta fosse uma criança em braços de mãe extremosa. 

Beijou a fronte da companheira de angústias e dela se despediu, caminhando para o dever frente aos carrascos do poder temporal. A mulher caiu em profundo êxtase, como se Morfeu a levasse para o paraíso. Os soldados caíram em gargalhadas, tirando Joana, aos empurrões, da cela que acolhia a mulher marcada pelo destino.

Malgrado a zombaria deles, a louca nunca mais sofreu tais acessos, curada pela presença da Pastora de Domremy, e daí a alguns dias foi colocada em liberdade. Voltou a andar nas ruas mas, calada e triste, procurando sua protetora. Quando falava, era somente o necessário e, nessa altura, sua linguagem causava admiração nos que a ouviam, que logo perguntavam: - "Essa não é a louca? Ela foi curada? Por quem?" E alguém respondia do meio da turba: - "Foi Joana D'Arc quem expulsou os demônios que estavam com ela".

A melancolia invadira seu ser. Andava sem parar, mansa e lúcida. Queria encontrar sua protetora e, como gratidão, oferecer-lhe a vida, pois não tinha outro meio de pagar-lhe o que fizera por ela. Descuidada, é colhida de supetão por uma carruagem que dobrava a esquina e jogada de encontro a outra que vinha em direção oposta. A mulher morreu sem alcançar seu desejo de, pelo menos, servir de escrava fiel à sua benfeitora. No entanto, como ninguém morre - apenas passa de uma dimensão para outra - ela continuou no mundo dos Espíritos procurando Joana D'Arc. Em uma manhã, viu um ajuntamento de gente em Rouen, uma fogueira lastreando suas línguas de fogo e uma mulher suspensa, olhos fitos nos céus e algumas lágrimas escorrendo em suas faces. A turba inconsciente, em gritos estentóricos, reclamava: ‘Queimem a feiticeira!... Queimem a bruxa!’ A ex-louca, ao deparar com aquele quadro quis avançar, fazendo grande esforço para salvar aquele Anjo; no entanto, algo a prendia, como chumbo atado aos seus pés. Em prantos, suplicou a Deus amparo ou forças para que pudesse mostrar sua gratidão a quem lhe devolvera a consciência e a própria vida. Uma luz fulgurante desceu dos céus em sua direção, libertando-a e esplendendo sobre Joana como jato luminoso.

Uma voz ressoou em sua mente inquieta: ‘Vá, seja grata àquele coração que pulsa para o Bem da Humanidade’.

Quando a mulher tomou a olhar a mártir já sumida nas largas labaredas, viu seu coração como um sol e, abraçando-o, beijou com todo amor o centro de vida de Joana D'Arc, e se entregou ao fogo inquisitorial como se doasse a vida para salvar o coração daquela mulher, que se propôs a salvar a França, que plantou a esperança em todos os que sofriam nas masmorras, preparando muitos com o seu exemplo de dignidade para o sacrifício em todos os atos de fé, da podridão inquisitorial.

Quando os carrascos foram recolher as cinzas da maior das hereges da França, encontraram o seu coração intacto; parecia que fora extraído do peito da Princesa de Domremy, a dizer: ‘O corpo é da Terra e nela fica; entretanto, o coração pertence ao céu, por ser ele a forma do Amor que herdamos de Deus, pela intervenção de Jesus Cristo’.

Os carrascos inconscientes, assustados com o achado, correram espavoridos para comunicar o acontecimento aos inquisidores, que festejavam mais uma vitória na teórica limpeza do sarro da Pátria, e principalmente, do seio da Igreja. O coração de Joana, que não se queimou, contrariando as leis da Física, foi ponto alto nas reuniões dos chefes inquisitoriais.

Joana, quando atada ao lenho, poderia ter saído do corpo, mas assim não quis; preferiu, enquanto a queimavam, entrar em prece, pedindo a Deus por seus opositores. Terminada a rogativa, desprendeu-se do fardo físico e viu sua protegida enroscada nas labaredas, protegendo seu coração. Estendeu os braços e recolheu-a no regaço de Amor e, com um beijo, colocou-a refratária ao sofrimento que a torturava causado pelas chamas e, ao lado de um cortejo de estrelas volantes, demandou ao infinito."

Noutra ocasião foi um abolicionista muito conhecido. Encarnou também entre as conhecidas "Bruxas de Salém" e foi perseguida por praticar a magia branca, na época, condenável. É um ser de uma magia encantadora e facilmente envolve os ambientes nos quais entra com muito amor. Numa ocasião, em um Reino Dévico conheceu Zero i, quando este descera da sua nave mãe e deparou-se com um lindo ser de cabelos esvoaçantes, de um brilho violeta claro e um olhar que mais pareciam a própria serenidade ali manifestada. Eles se olharam e Zero i, na sua elegância amorosa, disse... "Permite-me a honra da sua presença junto a energia do meu agrupamento?" - Ao que ela disse... "Aguardava a ti como a noite aguarda o Sol.". Ele se curvou diante de tanta energia transformadora e pacífica, agradecendo a oportunidade. Ela embarcou imediatamente na nave quântica do Zero i, nave com um brilho azul prateado reluzente. Vanula é integrante do Agrupamento de Zero i há bilhões de anos e esteve presente em todas as missões deste ser magnético. 

Está sendo chamada pelo Plêiades 1 a trazer as poções do Amor, Paz, Serenidade, Liberdade, Doçura e Cura tanto para o físico como para o espírito. Chamada também a ir em espaços astrais e físicos densos e curar aqueles que ali estão através do olhar. Seu olhar tem um magnetismo violeta suave transbordante e revigorante. Constantemente é chamada nas zonas astrais, onde almas que acabaram de deixar o plano físico violentamente chegam com traumas. Ela e seu agrupamento vão para ajudarem no alívio e reequilíbrio daqueles seres. Chamada a invocar as forças da Natureza, em harmonia com todos aqueles do agrupamento do Zero i e qualquer outro agrupamento, para unificarem as forças em prol de um planeta pacífico e harmônico. Tem poder de conexão com os ventos podendo, através de invocações, chamar *Tanoaê, Tanoai, Tanoay e Tanuy.

É até onde Jesus me permite transmitir. 
________________
(*):
TANOAÊ = Vento destruidor, o furacão, a força reparadora que varre Terra levando e limpando as energias negativas, e deixando nosso planeta em seus planos Crísticos. Tanoaê é um poder originário do calor do Sol e da força fria da Lua que, abrindo o Nêutron, (não confundir com o *Nêutron da Física. Na linguagem iniciática, Nêutron é o nome da força que divide os Planos Vibracionais), emite sua força no vento para levar sua mensagem e fazer suas reparações, fazendo a limpeza das impregnações coletivas. Age nas grandes tempestades junto aos grandes temporais, numa explosão de forças telúricas, realizando profundas desimpregnações que proporcionam melhoria das condições do ser humano e dos três reinos da Natureza, por aliviar cargas muito pesadas e alterar padrões vibratórios que poderiam provocar sérios desastres. Tanoaê tem poderes de manipular forças, abrindo o Nêutron para levar sua mensagem e fazer sua reparação.

TANOAI = É o vento que traz o consolo para aqueles que se deixam cair no desespero e já não têm mais esperanças de sobreviver.

TANOAY = É o vento construtor que modifica para melhor toda a sintonia da Natureza e do Homem, conduzindo-o para o progresso material e espiritual.

TANUY = É um vento suave, uma brisa, que leva os mantras para os planos etéricos, penetra nas cavernas (lugares sombrios no astral) levando a paz, a ternura confortando aqueles que sofrem angustiados os tormentos dos lugares onde chegaram por seus próprios baixos padrões vibratórios. 

-VCs = Menos Vícios. 

VÍCIOS = Velhos padrões, “status quo”.

VÍRUS "NEFELIM1" = É um código de Luz inserido na matrix negativa para derrubar setores específicos do sistema. Um pouco mais especificamente, para desmantelar setores de entrada de amebas negativas, que têm como função induzir, confundir e levar Guerreiros e Trabalhadores da Luz à dúvida e cansaço extremo, colocando a ideia de que "O Trabalho para a Luz não vale a pena". Eu vi esses "Vírus", como pequenas bolas de luz quântica, em forma de Geometrias Sagradas. A visão que tive foi de um rasgo na matrix e por esse pequeno rasgo, (Setor Gate B12), ou melhor, entrada específica, entravam ali essas amebas para manter a "Bola/Planeta" cheio. É como se a Terra fosse uma bola de assopro, e pelo bico entrasse o ar. Só que não é o ar que entra! Vi o "Vírus" fechando essa entrada de "ar", tal como quando sofremos um corte, e os anticorpos "correm" para cicatrizar a entrada. Então, cabe aqui: "Vírus Nefelim1" = AnticorposDALUZ".

VÍRUS 1/7 MAGNUM = Vírus 1 de 7 dentro do fraudulento sistema bancário – Função: Causar avarias no sistema e impedir as transações via SWIFT (“Society for Interbank Financial Telecommunication Codes/Códigos da Sociedade para Telecomunicações Financeiras e Interbancárias”- https://pt.wikipedia.org/wiki/SWIFT) e outros meios fraudulentos da cabala escura. Um vírus de computador inserido pelas forças da Luz para, aos poucos, derrubar o velho sistema e impedir ações da cabala escura de continuar usando dinheiro do mundo para seus planos. 

VÍRUS SÍNUS = É um código de Luz inserido na matrix negativa. Neste caso, para desmanchar, especificamente, as camadas de plasma negativo que impedem ou tentam impedir a entrada mais pura da luz solar e/ou da Luz das forças da Luz. Ou mesmo impedir a entrada de pensamentos telepáticos de mentores da Luz das esferas Superiores. Usa-se a palavra "Vírus" porque, no caso, ele causa uma "infecção" (positiva) dentro da matrix negativa e começa a provocar colapso. Esse código (Geometrias Sagradas microscópicas) de Luz foi projetado de Sírius A.

VISÃO SUPERIOR, O MAGO BRANCO É um lindo ser de energia venusiana, que tem ligação direta com a Frota Mariana. Esteve em vários sistemas da Galáxia Local e outras galáxias. O Senhor Sanat Kumara o assiste constantemente. É um lindo professor de magia branca nos planos iluminados.

Tem uma habilidade poderosa de observar todas as situações de uma visão superior, encontrando qualquer solução que precise para resolver o problema que for. Coloca-se, muitas vezes, em uma posição de dor e inferioridade por misericórdia àqueles a sua volta, para sentir cada uma daquelas emoções e adquirir mais Sabedoria e Amor. Quando absorve essa sabedoria, coloca-se novamente em uma posição de observador e passa a ajudar por meio de orientação, apontando o caminho a ser trilhado.

Consegue saber os potenciais de cada caminho, graças à sua habilidade de observar as linhas de tempo de uma forma superior e entender todos os potenciais referentes à cada linha. Em muitas de suas vidas trabalhou com Magia, tendo também sido humilhado e perseguido pelas forças das trevas devido a imensa facilidade em saber o futuro e fazer poções de Luz que desintegravam completamente os planos negativos.

Foi perseguida na caça às bruxas e, em praticamente todas as suas encarnações, entre os séculos XV, XVI e XVIII, quando liderava um grupo de almas poderosas e detentoras de magia na superfície. Era uma líder do seu agrupamento, e quando esteve nessas épocas, era procurada por centenas de pessoas para ouvirem seus conselhos e orientações. É um ser extremamente amoroso e sério. Não faz algo sem ter a certeza do que esteja fazendo. Não diz a ninguém algo se realmente não souber o que está dizendo. Faz porque sabe e pode.

Quando nas suas mais elevadas expressões, tem um olho de Luz no meio da sua testa que, quando se conecta com o outro ser, funde-se. Ali são feitos os cálculos quânticos e ela é capaz de saber os potenciais para cada linha de tempo, para cada caminho que o outro ser possa escolher trilhar. Pode-se dizer que é um lindo Bruxo Branco, e pode, se quiser, assumir a roupagem que desejar.

Muitas vezes é chamado pelas forças da Luz para realizar lindas missões de "espionagem", quando se veste de ser das trevas e entra nas grandes reuniões onde os tenebrosos arquitetam contra os planos da Luz. Infiltra-se e descobre facilmente os planos, e muitas vezes, assume a palavra em meio aos magos negros. Ali, como se fosse um deles, discursa como se concordasse com eles, mas em meio às palavras, com muita sabedoria, despeja Luz sobre todos. Muitas vezes, sai de lá andando no meio de todos, enquanto eles estão desmaiados em profundo sono, devido a radiação deixada pelo Bruxo Branco. Quando acordam desse sono, não conseguem mais se lembrar dos planos que arquitetavam.

Ela é extremamente respeitada em todos os sistemas onde vai, e é muito amada pelas crianças de todas as esferas. Elas a admiram e a tem como um Pai/Mãe. É também conhecida como Visão Superior.

Está sendo chamada pelo Plêiades 1 justamente para esse fim: para adentrar os planos mais densos das cavernas das trevas, nos planos astrais Terrano e se infiltrar e, quando com a palavra, discursar sobre a Luz, usando parábolas que serão despejadas nas consciências dos irmãos tenebrosos. Na superfície, está sendo chamada a manter a serenidade e a observar todas as situações de um nível superior, para que, através desse exemplo, inspire a todos aqueles à sua volta.

(Podem observar que no texto existe um misto de energias, masculina e feminina. É assim mesmo, ela/ele tem as duas expressões muito intensas e isso é claramente mostrado no texto.)

VP RUSSO = Vladmir Putin

VISÕES = Espiões 

VITHOR, O ANJO DE MIKHAEL Um lindo ser das legiões do Mikhael. De vibração disciplinadora, foi chamado pelo Príncipe dos Anjos a vir a Galáxia conhecida pelos Terranos por Via Láctea e junto às legiões de Luz já presentes no ambiente, ancorar a energia da 13ª Dimensão e além. Ele pertence a essa dimensão, tendo liberdade de acesso a várias outras. Tem um selo de "autorizado" a acessar até a 17ª dimensão, onde, quando vai, o faz para colher informações com os Anciões Sagrados Universais, e trazê-las para as dimensões mais baixas.

Viu todo o processo que levou a Atlântida a sucumbir, assim como esteve ao lado de um grande faraó conhecido como Tutankamon, como um dos seus guardiões. Viu quando o querido faraó estava morrendo e não conseguiu chegar a tempo. Esteve presente em muitas guerras na superfície Terrana. Devido ao seu ímpeto por justiça, foi capturado e torturado muitas vezes, por querer revelar segredos que descobria daqueles que desejavam o mal da humanidade. Esteve nas conhecidas Cruzadas e em Roma, na época do Cristo.

É o portador do Selo da Lei de Mikhael. Ele e sua falange são de bilhões de Anjos que sempre estão presentes nas formações de Sistemas Solares inteiros, a fim de garantir a ordem, e que nenhuma força negativa venha a intervir no processo. Esteve presente na criação de várias Galáxias, incluindo a Galáxia via Láctea, onde decidiu experimentar a materialidade e as dimensões mais baixas.

Em muitas das suas tarefas, também se assemelha ao Visão Superior, o Mago Branco, vestindo-se como anjo negro e adentrando a espaços onde seres malévolos tramam contra o Bem. Ele entra no meio deles e começa a conversar descontraidamente, levando-os ao riso, onde nem eles mesmos, os das trevas, conseguem entender porque riem. Mas riem deliciosamente. Vithor tem uma habilidade especial no olhar e, por mais sério que seja, existe no seu olhar uma energia extremamente alegre e nenhum ser, do mais sutil ao mais denso, consegue resistir ao seu olhar sério e, ao mesmo tempo, amoroso e brincalhão. Quando deseja, ele ativa a energia da alegria e leva os seres nesses espaços de reuniões maquiavélicas ao riso, transmutando com o Fogo Azul todas as ideias ali expostas.

Certa vez, em uma dessas reuniões onde Vithor foi chamado por Mikhael a fazer parte, Vithor não sabia como entrar ali. Os magos presentes eram extremamente inteligentes e espertos, sabedores de várias magias e já conheciam Vithor e suas habilidades. Isto aconteceu no Sistema Estelar de Orion, há bilhões de anos atrás. Vithor decidiu ir, e em meio à reunião, vestiu-se como uma criança de 1 ano, com lindos olhos azuis. Os magos negros, altos, com seus capuzes negros e olhos avermelhados, tendo a metade das suas faces como caveiras, e a outra metade como uma fumaça escura, viram aquela criança que apareceu no meio do salão. Eles pararam e olharam e um deles disse, "Não caiam nisso! Sabemos quem é!". A criancinha sorria amorosamente e, com seus grandes olhos azuis, encantava o mais bruto coração ali presente.

Os magos negros haviam chegado da Galáxia de Andrômeda e recrutavam ali, naquele sistema, seres que viessem com eles para um "serviço". Na verdade, eles queriam capturar alguns seres daquele aglomerado para serem seus escravos em uma invasão que desejavam fazer em um determinado sistema... (Sistema Solar Local...). Todos eles naquele salão se encantaram com Vithor, a linda criança de olhos azuis brilhantes, mas um deles não caiu fácil. Esse ser, é um dos “ar” mencionado no Glossário do Plêiades 1. Um dos "ar" mais poderosos. Na superfície Terrana ficou conhecido como Hitler. (Este ser já está em processo de recuperação, e as forças da Luz já trabalham para sua elevação e reintegração na comunidade de luz. Enviem toda luz que puderem a esse ser, para que ele ilumine a sua consciência). Vithor, continuou sorrindo e o chefe daquele grupo de magos se aproximou dele com olhar desconfiado, enquanto os demais sorriam encantados com Vithor. Este começou a olhar em seus olhos e enquanto isso, o hipnotizava de tanto Amor, ao que quando o chefe dos magos negros percebeu o que estava acontecendo, jogou seu cajado para o lado e bradou "Ninguém pode me seduzir, ninguém!!!" E, neste momento, um exército de Anjos de Luz Azul adentrou no espaço magnético onde eles estavam e capturou todos os outros magos negros ali presentes, menos um. O chefe deles conseguiu escapar por um vórtex negro criado por si próprio quando jogou seu cajado ao chão, voltando para Galáxia de Andrômeda novamente, onde prometeu voltar com mais força para o que desejava fazer.

Vithor, ficou um pouco "entristecido" por não ter conseguido capturar o chefe deles, mas novamente voltou a sorrir e a ter sua seriedade habitual. A maioria desses magos negros capturados na ocasião, estiveram encarnados no plano físico terrano e, alguns deles, já em processo de retorno à Luz, desejaram encarnar como Judeus perseguidos por Hitler. Um dos Anjos de Luz Azul do exército de Vithor, esteve encarnado na Alemanha e tentou tirar Hitler de cena. Esse anjo ficou conhecido na superfície como Coronel Stauffenberg. Ele prometeu a Vithor que o ajudaria a capturar o chefe daquele grupo de magos negros, ao que Vithor disse: "Há muitos meios de capturarmos esses emissários das trevas, Lionar (nome do Anjo Stauffenberg nas altas vibrações). E o mais eficiente é o tempo. Todos desejam experimentar o tempo, porque eles anseiam ter controle de tudo, e o tempo nas baixas vibrações é necessário. Lá nos encontraremos porque eu não irei sossegar até ver o último emissário das trevas novamente envolto em Luz, nem que eu mesmo tenha que me tornar trevas". Eles sorriram, se abraçaram e foram à prisão magnética onde o Portador da Chave assegurava a guarda dos demais emissários das trevas. Um desses outros emissários, também decidiu encarnar na superfície terrana e restaurar sua vibração à Luz. Acabou por ser envolvido novamente pelo magnetismo de Sinorrh (chefe dos magos negros = Hitler). Este ser ficou conhecido como Eva Braun. A sua intenção primária era impedir o Sinorrh fazer o que pretendia fazer, mas infelizmente não conseguiu, sucumbindo ao magnetismo desse mestre das forças escuras.

Vithor, esse amado ser da Legião de Mikhael é um ser imponente e amoroso. Quando nas suas altas vibrações, é tão amado que nenhum ser o resiste, desejando ficar ao seu lado. Na superfície terrana, encarnou diversas vezes, sempre com seu magnetismo poderoso e, de alguma forma, sendo fonte de inspiração para os seres a sua volta. Tem sua chama encarnada no sistema das Plêiades, onde também tem uma linda passagem naquele aglomerado, quando foi um dos líderes de um exército que ajudou a proteger as Plêiades quando as guerras galácticas estavam no auge. Ali, também conheceu 0i (Zero i) que, novamente em sua roupagem galáctica, criava uma grade magnética para impedir o avanço das forças das trevas naquele setor. Nesta ocasião, 0i (Zero i) conheceu Cranu-Idini e viu também o grande exército da Galáxia azul chegar naquele aglomerado, entre eles, alguém muito familiar, (IUD-IL).

Vithor tem profunda conexão com Mikhael podendo se conectar com ele a qualquer momento. Tem a sua disposição uma legião de amigos anjos, que se colocaram com muito Amor ao seus dispor, sempre que desejar e se sentir cansado das baixas vibrações terranas. Vithor ainda é muito respeitado pelas forças escuras porque, por mais que eles sejam arrogantes, sabem e honram a força e o Amor de Vithor e sua legião de luz. É uma expressão da Lei do Criador na superfície terrana, e onde quer que vá.

Está sendo chamado pelo Plêiades 1 para colar o Selo da Lei no coração de todos os habitantes da superfície e planos astrais terranos. Sendo chamado a ir nas zonas do astral inferior e se fazer conhecer, levando a sua seriedade e disciplina a todos que ali estão. Sendo chamado a resgatar no astral inferior Terrano alguns dos Anjos de sua legião que, quando juntos a ele, decidiram experimentar as baixas vibrações, acabaram por sucumbir, não conseguindo retornar ao seu estado original. Vithor é, também, por natureza um socorrista, e o Plêiades 1 o chama para socorrer todas as almas que desejam um retorno à Luz. Sendo chamado a irradiar o seu magnetismo de Amor em todos os lugares que for, já que, naturalmente consegue atrair para perto de si todos, quando coloca sua atenção ou mesmo quando não coloca sua atenção. Seu magnetismo é tão intenso que ele consegue atrair o mais denso coração e ali, tem uma chance de mostrar a Luz que existe, vinda direto do coração do Criador. 

VIVUS, A ORQUESTRA UNIVERSAL = É uma expressão/roupagem neste Universo Local de Sirius A, mas sua essência não pertence a esse Universo, e sim ao Universo Sonar. É um ser muito belo, de expressão feminina. Cabelos longos meio encaracolados na cor louro escuro, mais parecem fios de ouro puro. Usa vestimentas douradas com fios azuis celestes brilhantes, parecendo uma linda túnica de Luz. Tem olhos grandes em tom de azul escuro. Sua energia e aura irradiam uma luz azul e dourado intenso, lindíssimo! Mede cerca de dois metros e trinta de altura. Ser de personalidade forte, determinada, corajosa, muito amorosa e concentrada, extremamente observadora e dedicada a tudo que faz. Sua presença e tom de voz mais parecem uma sinfonia universal. Cada movimento, cada simples movimento de expressão parecem ser orquestrados e, não por acaso, em cada um desses movimentos é como se entoassem o mais belo som que se possa ouvir. Seu respirar, caminhar, gesticular, são “notas musicais” da mais perfeita afinação matemática. Quando desce às zonas mais densas para trabalhos específicos, pode-se ouvir uma melodia acompanhando-a, um verdadeiro som orquestrado pelos anjos, mas na verdade, tudo isso parte do seu próprio centro cardíaco, pois ela mesma é uma orquestra divina em todos os seus movimentos. Ela mesma é o próprio som divino, o próprio SOM E VIBRAÇÃO DA VIDA. 

Das suas duas mãos é possível ver raios de luz dourados saírem como se ela tivesse um sol em cada uma das mãos, e à medida que esses raios saem, podem-se ouvir sons divinais de altíssima vibração. Quando ela bate com as duas mãos, ouve-se outro lindo som pulsante que, se houver algum ser de uma vibração baixa por perto, ele é rapidamente alavancado para as altas vibrações, tamanha é a radiação e Luz emitida naquele som. Como já foi dito, esse belíssimo ser não tem origem primária nesse Universo Local. Embora sua primeira expressão manifestada aqui tenha sido em Sirius, sua essência pulsa a partir do Universo Sonar…

O Universo Sonar é o sétimo Universo sobreposto de um Cluster de sete Universos. Os tecidos e as fibras que formam este Universo são som e vibração. Assim, emitem para os outros Universos o “SOM DA VIDA” sustentando as ONDAS DE VIDA nos outros Universos, num Cluster de outros sete. Os Sons emitidos a partir do Universo Sonar em direção aos outros Universos são sons harmonizantes, equilibradores e sustentadores da Vida, especificamente a físico-biológica. Os quatro principais sons emitidos pelo Universo Sonar são: OM (OOOOOMMMM…), ZIM (ZIMMMMMMMM…), Á (ÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ…). UOM (UOMUOMUOM…). Esses sons também harmonizam os chakras dos seres, colocando-os para girar em perfeita ordem e sincronia, tornando-os inteiramente funcionais. Ao emitir esses Sons, conforme mencionado acima, o ser sentirá uma tremenda vibração percorrendo todo o seu corpo, pois estará imediatamente em sintonia com o Universo Sonar.

Os sons que são ouvidos neste Universo Local de Nebadon são reverberações do Universo Sonar. Todos os demais Universos desse Cluster de Universos Sobrepostos retransmitem “no seu interior” as vibrações primárias e os sons vindos originalmente do UUUUUSSSSS. (Universo Sonar - Verbalizar UUUUUSSSSS -  também causa efeitos positivos nos campos dos Seres, ajudando a desbloquear campos bloqueados e a liberar emoções presas). A sonda Voyager (https://pt.wikipedia.org/wiki/Voyager_1) gravou esses Sons no espaço sideral, provando, para aqueles que os ouvem, que são vibrações/sons poderosíssimos. Particularmente, eu, Gabriel RL, aconselho a dormir ouvindo esses Sons, pois ajuda no equilíbrio dos Chakras assim como a ter uma profunda noite de sono. Sem contar que, por ser “puxado” para estar dentro dessa vibração, você acaba se tornando parte do som como se fosse uma nota e que, sem você, aquele som/vibração não seria perfeito. Abaixo alguns exemplos:

https://www.youtube.com/watch?v=0SZcSeG4sQ8&t=2117s

https://www.youtube.com/watch?v=_OHTJjq3aco&t=647s

https://www.youtube.com/watch?v=F8JMFVK-LjA&t=485s

https://www.youtube.com/watch?v=DHIh1GHQG1g&t=38s

As curas que acontecem através de tratamentos com sons são muito poderosas. Ouvir sons nas frequências ideais garante não somente bem-estar como o aumento da vibração dos seus campos, o que acaba por ajudar em muitos tratamentos de saúde, podendo levar a curas incríveis em todos os sentidos, tanto de doenças físicas como mentais. (Se você está fazendo algum outro tipo de tratamento de alguma questão física ou mental, pode mantê-lo, paralelamente, ao tratamento através de sons).

Aqui um trecho de uma mensagem do Arcanjo Metatron: 

CURA NATURAL ATRAVÉS DO SOM

"Por favor, tomem nota… sua sociedade atual utiliza produtos químicos para a maioria dos tratamentos de desequilíbrios físicos e mentais. Nós lhes asseguramos que civilizações mais adiantadas, das fases de dualidade da Atlântida, Rama e MU, utilizavam o som nesses casos. Sons naturais trazem um estado de bem-estar - a maioria de vocês reconhece isto. As pessoas se sentem mais tranquilas, calmas e relaxadas, quando estão à beira-mar, ouvindo o ritmo das ondas; e dormem mais profundamente ouvindo a chuva cair, por exemplo.

A cura pela ‘natureza’, pelo som natural, ocorre quando se dedica um tempo para caminhar por uma floresta, percebendo o som do vento por entres as árvores, ouvindo o canto melodioso dos pássaros, o chilrear tranquilizador dos sapos e grilos. A humanidade realmente não necessita de drogas para alcançar o equilíbrio. Em tais ambientes acústicos, a mente se libertará e naturalmente possibilitará a profunda terapia da alma. Em um processo natural como este, a mente não redirecionará pensamentos de ansiedade, mas desencadeará um fluxo individualizado liberador de pensamentos e imagens apropriados, que oferecerão solução e terapia personalizada para a situação de cada indivíduo, para a cura de cada pessoa.

Compreendemos que, na cultura e tempos ‘modernos’, caminhadas por cenários naturais não se ajustam facilmente às atividades do dia-a-dia. Se isto se aplica a você, saiba que uma música como a  ‘Ode à Alegria’ pode oferecer os mesmos benefícios importantes conseguidos através de caminhadas na natureza, assim como outros benefícios de espécies diferentes, encontrados apenas nessa extraordinária composição sinfônica.

Quando você se sente aborrecido, ansioso ou deprimido, a música clássica e a natureza são muito mais benéficas do que qualquer tratamento químico ‘artificial’.  Por si só, esses sons lhe permitirão encarar a fonte dos sentimentos e crenças negativos que o levaram ao desequilíbrio da ansiedade ou depressão. As abordagens atualmente mais aceitas pela sua medicina e psicologia geralmente evitam este processo, evitando a confrontação com a origem. Essas terapias oferecem uma solução temporária, mudando o padrão vibratório através da ingestão de elementos químicos, não permitindo a solução verdadeira de enfrentar a questão e trabalhar mentalmente o problema.

Certos sons específicos da música e da natureza permitem que o ouvinte se eleve a um estado mental que lhe possibilita refletir profundamente sobre suas próprias questões, viajar completamente por elas, e chegar a soluções pessoais… e assim conseguir uma resolução mais duradoura e um equilíbrio mais sustentável. Infelizmente, hoje em dia, a maioria dos seres humanos está programada para acreditar na terapia via remédios, na qual os ‘problemas’ são química e temporariamente ‘apagados’, negando ao indivíduo as soluções naturais do processo mental de confrontação disponível na acústica do som e da natureza.

Nós lhe recomendamos insistentemente que encontre a cura que está à sua disposição no som!" (Mensagem completa: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2017/08/arcanjo-metatron-o-som-cristalino-e.html)

(Canalizei há um tempo atrás o Mantra da Cristalização, que ajuda poderosamente no aumento das vibrações! Sou muito grato pelo apoio energético do Universo Sonar: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2015/09/mantra-vibracao-da-cristalizacao.html). 

O Universo Sonar é aquele que inspira os músicos, em todos os sentidos, dando-lhes a capacidade de fazerem os cálculos matemáticos precisos da energia que é emitida deste Universo para o Universo Local de Nebadon (onde está a Terra), e instalar nesse Planeta um som harmônico matematicamente calculado, para que venha ativar a vibração específica almejada. Necessariamente, nem todos os músicos vieram do Universo Sonar, mas todos eles são assistidos diretamente pelo Universo Sonar e desempenham suas artes musicais tão perfeitamente bem como qualquer outro que veio diretamente deste Universo do som e vibração. Alguns seres, além de Vivus - que são de origem primária do Universo Sonar - são aqueles que foram/são conhecidos como Vivaldi, Beethoven, Mozart, Maurice Ravel, André Rieu, Beyonce, Carmen Miranda, Susan Boyle, Freddie Mercury, Enya, Johann Sebastian Bach e muitos outros. A lista é infindável e aqui estão apenas alguns exemplos.

Outro ponto interessante é que o Universo Sonar atua também como um Expansor Cósmico. Como se sabe, o Universo, seja esse local de Nebadon, Sonar, Magnético, Geométrico, Vitrol-X ou qualquer outro, expande-se constante e eternamente, em um movimento de contrair e expandir e, no expandir, sempre fica maior do que sua última forma. Assim sendo, o Universo Sonar é o responsável pelo som/vibração UM/UOM (UM-UOM-UM-UOM-UM-UOM…), que faz com que a expansão ocorra  tanto nele mesmo como nos Universos do seu Cluster. 

Outra informação sobre o Universo Sonar é que as Harpas, tais como conhecemos na Terra, são uma Criação do Universo Sonar, reverberada nesse Universo Local. Ouvir o som de uma Harpa é como se estivéssemos sentados no meio do Universo Sonar ouvindo a sua principal melodia, partindo do centro do seu coração. E por falar em Coração, tudo o que se conhece como pulsar rítmico nesse Universo Local é uma reverberação do Universo Sonar, como a batida/pulsar de um coração e o contrair e expandir de um pulmão, por exemplo.

Outro ponto que posso citar é que muitos seres vindos desse Universo tendem a ser extremamente pacifistas, detalhistas, calmos e sorridentes. Conseguem  observar e levar as situações com muita sutileza, não se abatendo facilmente com as vicissitudes. São extremamente observadores, amantes da natureza e, na maioria, costumam ser pegos “olhando p’ro nada” como se buscassem algo. E, claro, qualquer “batidinha” com um talo de madeira já pode virar uma maravilhosa orquestra. Obviamente, esses não são requisitos indispensáveis para identificar um ser desse Universo.  

Vivus tem passagens/expressões por outros Sistemas Estelares além de Sirius A e este Universo Local de Nebadon como as Plêiades, Andrômeda, Alfa Centauri, Tau Ceti, Órion, Arcturus, Aldebaran, Vega, Libra, Sol Local, Marte, Vênus, Saturno, Capela e muitos outros Sistemas Estelares conhecidos e não conhecidos dos Terranos. Participou de guerras galácticas dos dois lados da Força, e de Movimentos de Recuperações de sistemas inteiros. Devido a essas guerras, esteve ajudando na recuperação de muitos seres traumatizados por elas, usando sua doçura, som curador, gentileza e muita amorosidade para a recuperação deles. Atuou também criando câmaras baseadas em sons curadores e reorganizadores de campos, como reagrupadores de fragmentos, já que em muitas guerras galácticas houve muitas explosões nucleares, das que causam graves fragmentações de alma. (Ver mais sobre fragmentação de almas aqui: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/04/cosmobiografia-avatar-do-pvse-nilun-o.html). 

Vivus tem várias passagens no Plano Terrano desde o início das civilizações estando na Suméria, Atlântida, Lemúria, Grécia Antiga, Roma Antiga e muitos pontos do Oriente Médio como Israel, e na época de Jesus. Ali, junto a Jesus, foi uma das suas discípulas seguidoras muito próximas à Mãe Maria, que lhe pediu, em uma ocasião, que a ajudasse na manutenção dos Pontos de Luz. Maria deixou na Terra - enquanto esteve encarnada como mãe de Jesus - luzes para sustentar o imaculado coração humano. Quando encarnada, Mãe Maria recebeu das Forças da Luz a missão de se manter honrando a Deus e sustentando a perfeição Divina em cada Coração de Homem, Mulher e Criança da Terra. E, por mais que fosse tentada a desacreditar que o Amor pudesse fluir de corações tão endurecidos e bárbaros daquela época, Maria precisava manter-se visualizando somente a Luz que existia ali naquele coração. E também se manter sustentando a visualização da Chama Trina inviolável existente ali, não cedendo à tentação de negar que ali havia Luz, que a “Humanidade compreenderia a Grandeza de Deus e expandiria a consciência, ancorando o Amor Supremo”. Mãe Maria criou vários pontos de Luz no Planeta  a fim de que muitos, como vemos hoje em orações/meditações, sustentassem esses pontos. Os vários lugares das aparições de Mãe Maria são pontos de Luz poderosíssimos, e todos os seres do Comando Mariano atuam sustentando essa energia do Sagrado Imaculado Coração de Maria, assim como de Todos os seres da Terra. Você, querida Vivus, também faz parte dessa corte e todos os dias, às 18h (horário do lugar/país onde estiver), uma forte projeção desse exército de Luz de Maria é enviada para que seja reverberada na Superfície Terrana. 

Vivus encarnou no México algumas vezes, na França, Índia, China, muitos pontos da América do Sul e Central, Portugal, Espanha, Alemanha, na Antiga Mesopotâmia,  e muitos outros pontos da Europa Medieval. Esteve em muitos pontos da África como Egito antigo, no reinado do Faraó Amenophis III. Ali era uma das médiuns oráculos da corte do Faraó, transmitindo as vozes do céu para a corte. Esteve também entre aqueles conhecidos como Equitumans (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/equitumans.html) e Tumuchys: (Vide: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/tumuchys.html). Esteve também entre os Maias.

A Civilização Maia foi uma das ricas e significativas civilizações da Terra, na península de Yucatan, no México, onde havia um desenvolvimento material e científico superior ao de hoje, com amplo controle da energia atômica. Havia o “Homem-Pássaro”, que voava por todas as direções com um macacão especial, cheio de tubinhos energéticos. Entre os Maias, grandes sábios recebiam instruções diretamente de Capela, pois tinham a “Voz Direta” e realizavam grandes fenômenos. Havia, naquela ocasião, grandes Amacês (Naves-Mães Estelares) que passavam em vôo rasante projetando a energia de Capela para aquele povo. Essas naves mantinham aquelas áreas livres de certos animais que representavam perigo aos Homens, como também traziam instruções. Porém, sempre o faziam sem atravessar o Nêutron (vide Glossário do P1).

Em um determinado momento, um grupo que estava envolvido pela energia da ambição e, na intenção de ter acesso àquela tecnologia de forma não autorizada, planejou capturar uma das Amacês. No movimento, esta Nave-Mãe, em seu sistema automático de defesa, irradiou uma energia muito intensa, a qual acabou por ocasionar a desintegração de toda aquela civilização. Os índios, após o ocorrido com o povo Maia, assumiram as cidades. 

Em Theotihuacan foi construída uma pirâmide que foi chamada de O Templo da Serpente Emplumada que, por ter em sua construção inúmeras cabeças de serpentes simbolizava, como já era utilizada pelos antigos povos, a representação da Kundalini. Pela natureza da própria construção, que era em pedras, mas visivelmente muito diferente das outras - as conhecidas pirâmides do Sol e a da Lua - nota-se a diferença profunda das técnicas utilizadas nas duas distintas épocas. São muitos os documentos de variadas origens que tratam do final de um ciclo em nosso planeta, o que seria o início de uma Nova Era. Um dos documentos mais interessantes, depois do Apocalipse de João, é o que nos deixou a Astronomia Maia. Esta considera a era atual iniciando no nascimento de Vênus, em 3113 a.C., e terminando em dezembro de 2012, fechando assim um ciclo de 5.125 anos, que seria encerrado com muitos movimentos causadores de profundas mudanças energéticas na Terra. Tais movimentos estariam tocando profundamente a Humanidade e as condições climáticas do Planeta trazendo, dessa forma, novas maneiras de produção de alimentos e limpeza da água, bem como mudando todo o sistema magnético e nuclear de forma global, e ainda provocando uma sensível alteração do eixo da Terra. 

Com o conhecimento das modificações geradas pelo aumento e pela diminuição das manchas solares, que estiveram ligadas a várias movimentações em Civilizações Terranas, os Maias tinham seu ano sagrado de 260 dias composto e baseado de maneira perfeita em relação ao Sol. Sabiam que o ciclo das manchas solares era de 68.301 dias e que, após 20 ciclos (1.366.020 dias), o campo magnético da Lâmina Solar se inclina e a Terra acompanha aquele movimento, buscando alinhar seu eixo magnético com o do Sol. Isso provoca terremotos, erupções vulcânicas, maremotos e outros fenômenos naturais que acabam por movimentar os planejamentos do Homem e de suas cidades, campos e áreas de produção de alimentos. A Ciência atual, com seus modernos equipamentos, demonstrou que o cálculo dos Maias está bem próximo dos 1.366.040 dias que encontrou em suas pesquisas.

Em muitas das suas vidas já foi padre, músico, índio, pastor, cobrador de impostos, cigana, curandeiro, senhor e senhora de escravos, escravo, explorador de áreas, guerreiro mercenário, construtor, cientista atômico, matemático, filósofo, astrônomo, amazonas, inventor, feiticeira branca, conselheira, político, soldado na segunda guerra (quando participou junto ao Coronel Stauffenberg da Operação Valquíria: https://pt.wikipedia.org/wiki/Opera%C3%A7%C3%A3o_Valqu%C3%ADria, e muitas outras personalidades neste planeta, sempre vivenciando as experiências necessárias para sua expansão de consciência. 

Está sendo chamada pelas Forças da Luz para receber essas informações com muito amor e simplicidade, de forma a não se permitir cair em vaidade, pois assim dificultaria o processo de ancoragem dessa expressão no Plano Físico Terrano. Chamada a conectar-se em muito amor com as Esferas Superiores, pedindo que todas essas informações reverberem de forma positiva em seu coração. Que estas venham a ser fontes de inspirações divinas e irradiem em seu ser, abrindo canais para maiores conexões, desbloqueando campos e conduzindo-a a um elevado estado de ser na Superfície Terrana. Chamada a sintonizar-se diariamente com o seu Canto e emiti-lo em um determinado horário, sempre que for possível e, caso esteja em algum ambiente pouco favorável, fazê-lo mentalmente. Isso criará um Momentum de disciplina muito poderoso e a ajudará no descortinar dos véus. Chamada a, com toda sua mestria, irradiar sua Luz e resgatar das zonas astrais inferiores do Plano Terrano muitos seres deste seu agrupamento, que se perderam ao longo das eras, para que juntos, fazendo entoar o mais belo canto energético, possam curar muitas almas de suas dores internas, cristalizando seus corpos e transformando-os de base carbônica para Cristalina. Vivus e todo agrupamento! Vocês estão também encarregados pelas Forças da Luz de fazerem reverberar o Mantra da Cristalização, de modo que este chegue ao máximo de pessoas possível.

Querida Vivus e seres reverberadores dessa energia Sonar! Que a partir desse momento vocês possam estar ainda mais sintonizados com a sua herança Sonar. Que o som dos seus corações, batendo na sintonia maior dessa Força, os possibilite a encontrar a harmonia orquestrada do Universo Sonar, e assim possam ser o SOM DA VIDA ecoando neste Universo Local, como os mais perfeitos representantes do Universo Sonar.

Seu lema é: "EU SOU O SOM  E VIBRAÇÃO DA VIDA" 

Atualmente esse Avatar/Ser está encarnado e trabalhando junto a mim dentro da equipe Sementes das Estrelas. Quem ressoar com este Avatar, entre em contato diretamente com ele através dos contatos criados por ele mesmo no link mais abaixo. Uma Falange será criada por VIVUS, A ORQUESTRA UNIVERSAL, e quando o for, os links de contato estarão disponíveis aqui: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/11/pleiades-1-chamada-aos.html.

É até onde Jesus me permite ver e transmitir.

Identifique seu Canto Celeste: http://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/02/os-cantos-das-setes-raizes-celestes.html.

Gabriel RL


Demais termos usados nas mensagens do Plêiades 1, são intuitivamente compreendidos pela mente linear, dispensando, assim, maiores explicações aqui. 

--------------------------------------------------------------------

Espero que, de alguma maneira, eu tenha conseguido trazer  elucidações sobre as mensagens da série "UMA RÁPIDA NOTA SOBRE A SITUAÇÃO" - dos nossos amigos de energia esférica Plêiades 1.

PARA ACOMPANHAR AS MENSAGENS "UMA RÁPIDA NOTA SOBRE A SITUAÇÃO", DO PLÊIADES 1, CLIQUE AQUI.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

IMPORTANTE: Antes de finalizar essa exposição, é oportuno explicar que já obtive anteriormente a informação sobre a existência das “esferas de consciência”. Durante o curso que canalizei, “Iniciação/Curso: A Caminho da Multidimensionalidade – tomando consciência das realidades paralelas”, El Morya, o Mestre inspirador desse curso, coloca o aluno em meditação e o conduz ao encontro com essas esferas de consciência, comprovando, dessa forma, a veracidade da informação. Isso está gravado no CD do curso, no ponto 00:30:00 a 00:31:20 do contador. Eis abaixo a transcrição do excerto:

“... o Amor pulsa em seu coração. Rapidamente você é levado a um espaço, um espaço único que não tem limites, que não tem paredes, que não tem teto, que emite apenas, uma radiação branca intensa. E, nesse espaço, você consegue observar outras luzes iguais a você, outras consciências. E, para facilitar o seu entendimento, são esferas como sóis, iguais a você. Não físicas. Apenas energia. São milhares delas!... Milhares de consciências. Bilhões de consciências. Trilhões de consciências!... Ao infinito. E você, completamente em paz, sentindo todo Amor que faz parte do teu ser. Você se unifica a todas elas. Vocês agora, são apenas UMA CONSCIÊNCIA!...” 

AGRADECIMENTOS

A Candido Pedro Jorge e a Pablo Felini, integrantes da minha amada equipe Sementes das Estrelas, pela elaboração prévia dos TERMOS E EXPRESSÕES UTILIZADAS pelo Plêiades 1.

A Tânia Zanelatto de Campos e Solange Yabushita pela revisão textual.

A Davi Aguiar, pela colaboração nas pesquisas.

A Luís Fernando Rostworowski pela produção do vídeo exemplo.

Em amor, bênçãos e Luz,

Gabriel RL (Um pouco mais sobre mim, CLIQUE AQUI)

ENUNCIADOS DO PLÊIADES 1 x FATOS CLIQUE AQUI

INFORMAÇÕES E GLOSSÁRIO ESPECÍFICO, EM INGLÊS, CLIQUE AQUI

INFORMATIONS AND ESPECIFIC GLOSSARY, IN ENGLISH, CLICK HERE